CDL INFORMA

NOTÍCIAS

13/09/2018 15:30

De R$ 26.00 e R$ 29.00, usuária do DAES recebe talão de cobrança de água de R$ 490.00 e R$ 512.00 em Juína

  • Fonte: Juína News
Foto: Juína News

Procurou a reportagem do site Juína News a senhora Gerlane Cazuza de Souza moradora do bairro Palmiteira, informando que recebeu um talão de água no valor de RS 490 reais de água, porém efetuou o pagamento e na data do dia 12 chegou uma nova conta, dessa vez no valor de R$ 512.00, onde a mesma pagava anteriormente pagava entre R$ 26.00 a R$ 29.00 reais.

Gerlane Cazuza alegou que procurou o departamento de água (DAES) para resolver o problema quando chegou o valor de R$ 499.00, porém o departamento enviou um funcionário para averiguar se havia alguma coisa de errado com o registrador da mesma, porém nada foi encontrado, e segundo a mesma, funcionários do Departamento de Água alegou que havia vazamento na parte interna da casa da consumidora, que alegou que não havia vazamento algum, porém trocou todos os encanamentos internos e esperava que o problema tivesse sido resolvido, porém o que houve foi o aumento ainda maior na última conta de água, saltando de 499 para 512 reais.

Gerlane disse que não tem mais condições de seguir pagando as contas de águas emitidas com valores altos, e que espera um posicionamento do departamento de água, pois já foram até o mesmo e não encontraram com o diretor do departamento, pois segundo o que relatou uma funcionaria só o mesmo poderia estar resolvendo o problema relacionado a conta de água de dona Gerlane Cazuza.

Inconformada e sem recursos, Gerlane ressaltou que irá procurar seus direitos junto aos órgãos de proteção do consumidor (PROCON), e Promotoria de Justiça, a mesma é sozinha e não tem condições de pagar a conta, pois seu salário é para manter a família.

Procurado pela imprensa, o diretor do DAES, Aparecido Paulino disse que tomou conhecimento do assunto, porém a mesma tinha um vazamento de água em sua residência, porém foi notificada para arrumar, e a equipe do DAES foi até a residência da senhora Gerlane e constatou que não há problemas com o cavalete, porém Aparecido reconheceu que há um vazamento de água na rua, mas que não interfere no hidrômetro da senhora Gerlane.

Aparecido ressaltou que uma funcionária do DAES orientou dona Gerlane a fechar todas as torneiras e observar o hidrômetro, onde a mesma efetuou a ação e constatou que mesmo tudo estando desligado o marcador continuava girando, levando a equipe do departamento de água a crer que existe um vazamento dentro da residência da consumidora.

Aparecido falou que não interessa ao departamento emitir contas altas, que o objetivo é fazer com que as pessoas corrijam seus vazamentos e paguem apenas o que consumir, e que a consumidora terá que efetuar o pagamento das contas, uma vez que não se pode fazer mais nada, além de fazer um parcelamento em até 10 vezes, porém não poderá abrir mão da cobrança, pois o tribunal de contas não permite e entende o caso como renúncia de receitas. E ressaltou que dívida foi contraída pela senhora Gerlane Cazuza e que não poderá arcar com as despesas do próprio bolso.

E finalizando Aparecido confirmou que nos bairros periféricos os materiais utilizados em sua maioria são de materiais fracos que não resiste à pressão das bombas, e muitas vezes estouram e lugares que não são visíveis, e que cabe as pessoas estarem observando essa questão, para não sofrerem as conseqüências no bolso.

 

Comentários

José Ilson 17 / Set / 2018 - 08:18
Todas instalações das casas agora estão com vazamentos?
Nervosao 16 / Set / 2018 - 22:03
Olha bem, quer pagar por conta alta na tarifa de água vai morar em Pontes é Lacerda MT onde a empresa de água é privada. Lá chega ao absurdo, a conta média de água da população gira em torno de 80 reais. Na minha residência a conta, quando pago mais caro, atinge cerca de 40 reais, no periodo de mais poeiras. E outra o pessoal que faz leitura da água se baseia no indicador do hidrômetro, marca o consumo de acordo com fluxo hidrico que entra para dentro da residência. Então pelo Amor de Deus, tem gente que acredita em negócio de conspiração, FICA COM DELÍRIOS, e pode acabar igual o cara que tentou matar um candidato a presidência da República.
beto 15 / Set / 2018 - 10:27
Sera que os aparelhos não estão com defeito? Ou será que os erros são apenas dos consumidores? Estranho....
VANILZA DE SOUZA 14 / Set / 2018 - 11:47
OUTRO DIA UM RAPAZ RECEBEU UM TALÃO DE AGUA QUE HAVIA AUMENTADO 100 REAIS NA CONTA, ELE FOI RECLAMAR E FALARAM PRA ELE QUE DEVE TER ALGUM VAZAMENTO, PRA ELE PRESTAR ATENÇÃO. DETALHE: ESTÁ ACONTECENDO ALGUMA COISA, POIS NÃO HÁ VAZAMENTO NENHUM. MUITO ESTRANHO TANTAS RECLAMAÇÕES.
duda 13 / Set / 2018 - 23:24
me desculpem vcs do departamento de água pois não tem condições de uma casa residencial vim um valor alto dessa de água minha mãe paga quase 300 reais de água todo mês e é no bairro palimteira também e ela ja foi reclamar e a mesma desculpa foi dada à ela de vasamento isso é um abisurdo por isso uso água de posso artesiano
Dei 13 / Set / 2018 - 16:58
Me desculpa esse responsável do Daes mas aqui em casa subiu muito o valor da agua, pagamos valores absurdos, não vem água o dia todo, e quando vão reclama eles não podem fazer nada, não é do Daes cobra valores altos, menos por favor né

Comentar

NOTÍCIAS