CDL INFORMA

NOTÍCIAS

07/08/2018 15:31

Integrantes de facção criminosa são indiciados por uma séries de crimes em Brasnorte

  • Fonte: Fabiana Mendes/Olhar direto
Foto: Reprodução

Os seis envolvidos no furto da agência do banco do Brasil na Brasnorte (579 quilômetros de Cuiabá), detidos na segunda-feira (06), em ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Militar após 12 horas de cerco, foram autuados em flagrante por uma série de crimes. Segundo o delegado que lavrou o flagrante, Adil Pinheiro de Paula, quatro dos suspeitos confessaram fazer parte de uma facção criminosa atuante em todo Estado.

Segundo informações da assessoria de imprensa da PJC, os envolvidos foram autuados nos crimes de furto qualificado, porte ilegal de arma de fogo, receptação e organização criminosa. Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na apreensão de um veículo, duas armas de fogo, munições, coletes balísticos, dinheiro e ferramentas utilizadas no arrombamento do banco.
 
Entre os presos estão, Pedro Rodrigues de Oliveira, de 23 anos, Alexandre Martins de Oliveira, de 23 anos, conhecido como “Zé Pequeno”, Thiago da Silva Pacheco, de 19 anos, Janderson Jales da Silva, de 23 anos, Eriely Cristina dos Santos de Assis, de 24 anos e Weberton Bruno Mendes Soares, de 31 anos .
 
“Os envolvidos no assalto foram autuados por furto qualificado por repouso noturno, rompimento de obstáculo e destruição. Eles também responderão por receptação do veículo roubado, utilizado para prática da ação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, uma vez que duas armas foram apreendidas em poder da quadrilha e pelo crime considerado mais grave, a associação criminosa”, destacou o delegado.
 
As diligências que resultaram na prisão da quadrilha iniciaram assim que o sistema de monitoramento do banco acionou as equipes policiais informando que o alarme da agência foi acionado. Logo em seguida, policiais militares realizaram a abordagem de um veículo Volkswagem Fox, em atitude suspeita, em que foram detidos o casal Janderson e Eriely, que estavam atuando como “olheiros”, para garantir a execução do furto.
 
Em checagem do automóvel, foi constatado se tratar de veículo “dublê” e que através das placas originais foi verificado a queixa de roubo/furto. Com a informação que mais cinco integrantes da quadrilha estava dentro do banco, realizando o arrombamento de cofres, toda equipe da Polícia Militar e Polícia Civil de Brasnorte foi acionada para cercar o quarteirão da agência do Banco do Brasil, e assim evitar a fuga dos envolvidos no furto.
 
A equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foi acionada e durante a varredura nas proximidades localizou os suspeitos Alexandre, Thiago e Pedro. Os suspeitos estavam em posse de duas armas de fogo com várias munições, coletes balísticos, aparelhos celulares e luvas de proteção. Após serem detidos, os acusados delataram o envolvimento do suspeito Weberton que foi detido no bairro Jardim Aeroporto, em Brasnorte.
 
Em continuidade as diligências, foi realizada verificação na agência bancária, onde foram encontrados diversas ferramentas utilizadas para arrombamentos de caixa eletrônico, além de pacotes com moedas e talões de cheques.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar