CDL INFORMA

NOTÍCIAS

05/07/2018 15:36

Seis suspeitos são presos e quatro 'bocas de fumo' fechadas pela PM

  • Fonte: Juína News com Assessoria
Foto: PM/MT

Ações distintas da Polícia Militar realizadas entre a tarde desta quarta-feira (04.07) e a manhã desta quinta-feira (05.07), levaram seis suspeitos de tráfico de droga à prisão e fecharam quatro ‘bocas de fumo’ em diferentes locais de Cuiabá, Várzea Grande e interior.

Em Pontes e Lacerda (445 km), policiais do 18°Batalhão prenderam C.S.R., de 33 anos, e apreenderam o adolescente H.S.M.R., de 16, por tráfico de droga. C., que é cadeirante, seria o chefe da ‘boca’.

Na residência dele foram apreendidas porções de drogas, balança de precisão, celulares, seis rolos de papel-filme (usado para embalar entorpecentes), além jóias e R$ 147 em dinheiro. Essas prisões foram efetuadas com base em informações levantadas pela Agência de Inteligência do 12º Comando Regional.

Já em Tangará da Serra, policias do 19° Batalhão apreenderam quatro tabletes e meio de maconha, 90 papelotes da mesma droga, uma balança de precisão, entre outros objetos.

Uma equipe da Base do bairro Esmeralda deslocou-se para uma mata na periferia da cidade onde, conforme denúncia, haveria pessoas vendendo e consumindo drogas,e lá localizaram dois homens que seriam os traficantes e estavam embalando maconha. A dupla fugiu mata adentro e ainda não foram capturados.

Em Matupá, policiais da 4º Companhia da PMMT prenderam um homem e uma mulher e com eles apreenderam porções de pasta base. A ação policial começou com uma denúncia sobre um homem que estaria vendendo uma motocicleta por R$ 400 e que ele também vendia droga em um ponto na área central. Além de apreender a moto, foram detidos D.F.S., 20 anos, e M.S.S., 33.

Em Cáceres, uma equipe do 6° BPM prenderam três suspeitos, entre os quais um adolescente de 13 anos, no Jardim das Oliveiras, perto de uma escola pública. Eles estavam na porta de uma casa onde funcionava uma ‘boca’.

Os dois maiores, J.S.P., 50, e P.R.S.S., 20, ainda tentaram fugir, um deles correu para dentro de casa e atirou um volume pela janela. A PM encontrou o objeto e comprovou que era droga, como se suspeitava. Os dois estavam com dinheiro, e um deles com mais de R$ 500.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar