CDL INFORMA

NOTÍCIAS

16/05/2018 09:25

Combate ao abuso sexual: CREAS e CRÁS realizam pit stop em Juína

  • Fonte: Juína News
Foto: Juína News

Aconteceu no final da tarde desta terça-feira, dia 16, um Pit Stop na Avenida Mato Grosso, mais precisamente nas imediações do Sicredi e Praça da Bíblia, ato este promovido pelo CREAS e CRAS da cidade de Juína.

Toda a equipe com auxilio da Polícia Militar entregava panfletos aos motoristas que lá passavam e chamavam a atenção para a importância desta campanha de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, além de colarem adesivos nos veículos eles distribuíram saquinhos de lixos personalizados, para que isso venha despertar o senso consciente de cada cidadão.


A coordenadora do CRAS, Ana Paula Miranda, falou que serão 30 dias seguidos de uma campanha intensa onde o objetivo é prevenir e chamar a atenção da comunidade sobre a importância de se denunciar abusos sexuais.

Os índices de abusos sexuais vêm crescendo muito na cidade e em todo o Brasil, e que o ato do abuso deixa sequelas irreparáveis em crianças e adolescentes, e que muitos índices de suicídio de jovens estão ligados a prática de abusos sexuais na infância e adolescência.

A coordenadora do CREAS, Thalita Fonseca Oliveira, falou ao Juína News que o Pit Stpo realizado na região central da cidade é uma continuação dos trabalhos que já haviam sido iniciados na semana as primeiras semanas do mês de maio e que nessa semana será intensificada, e que na quinta feira terá uma palestra com o promotor de justiça Marcelo Linhares que se realizará na E.E. 21 de Abril no bairro Padre Duílio as 08:00 da manhã, onde o promotor estará falando sobre o tema da campanha que é abuso sexual.

A secretária de assistência social Irene Peruzzo em entrevista reforçou que a campanha é alusiva ao dia 18 de maio que é o dia especifico de combate a violência sexual de crianças e adolescentes, sendo que a ação envolve o plantio das margaridas nos canteiros da cidade, e que no dia 16 de maio será feita uma panfletagem na feira municipal de Juína. Irene Peruzzo lamentou que ainda exista a necessidade de se fazer essas campanhas, pois os casos de abusos ainda existem e as pessoas estão procurando cada vez mais apoio nos órgãos públicos suportes para denunciar essa prática abusiva.


Para Irene Peruzzo a prevenção ainda é o melhor caminho para ensinar as crianças a dizerem não a essa prática tão repugnante que é o abuso sexual.

 

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar