CDL INFORMA

NOTÍCIAS

15/05/2018 14:14

Perícia faz novos exames para determinar causa de engavetamento que matou Jota Barreto

  • Fonte: Olhar Direto
Foto: Reprodução

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) ainda aguarda exames complementares para determinar o que causou o engavetamento envolvendo 14 veículos. O acidente vitimou o ex-deputado estadual Hermínio J. Barreto (PR), de 69 anos, e seu cunhado que conduzia o veículo em que estavam, Ailton Pereira dos Santos, 52 anos. As vítimas estavam paradas na BR-364, próximo a Jaciara (162 quilômetros de Cuiabá), quando foram atingidos por um caminhão.
  
A Politec informou ao Olhar Direto que para este tipo de ocorrência não existe laudo preliminar. Isso porque, ao todo, foram 14 veículos envolvidos no engavetamento, o que torna o trabalho bastante complexo. O perito responsável pelo caso pediu exames complementares para determinar ao certo o que aconteceu com o veículo de carga causador do fato.
 
O prazo para a conclusão dos trabalhos da Politec é de 30 dias. Porém, a data pode ser prorrogada, caso o perito ache necessário.
 
Conforme o apurado pelo Olhar Direto, o Iveco 420 seguia no sentido sul e não conseguiu parar na fila de veículos. O motorista então invadiu a pista contrária e colidiu lateralmente com os demais. Informações ainda não oficiais apontam que uma falha mecânica possa ter causado a tragédia.
 
O Jeep Renegade, onde estavam os dois mortos, era o sexto da fila de veículos. Com a força da colisão, o utilitário acabou sendo jogado contra uma carreta. O ex-deputado e seu cunhado não resistiram aos ferimentos e foram a óbito ainda no local. Um dos feridos estava em um Nissan Versa, com placas de Dom Aquino e foi socorrido em estado moderado.
 
A morte do ex-deputado causou comoção em diversas lideranças políticas de Mato Grosso, que lamentaram a fatalidade.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar