CDL INFORMA

NOTÍCIAS

10/01/2018 14:35

Ex-namorado mata servidora a paulada, joga corpo no rio e confessa assassinato

  • Fonte: AgoraMT
Foto: AgoraMT

A servidora Rosineide Maria de Souza, 45 anos, foi morta com uma paulada na cabeça pelo ex-companheiro Valdeci Vieira da Silva, 46, e teve o corpo jogado no rio Vermelho, em Rondonópolis (a 232 km de Cuiabá), na região da Gleba Dom Bosco.

O corpo da vítima foi localizado por volta das 17h desta terça (9) por pescadores. O ex-companheiro e o irmão dele foram presos na madrugada desta quarta (10) em um assentamento e confessaram o crime.

Segundo informações da Polícia Civil, o assassinato ocorreu na noite de domingo (7). O ex-namorado confessou que buscou Rosineide na missa e ambos foram para a casa dele.

Em meio a uma discussão, ele acertou a servidora com uma paulada na cabeça. O suspeito então foi até a casa do irmão Valdomiro Vieira da Silva, 40, e pediu ajuda para se livrar do corpo. Eles colocaram a vítima dentro de um saco e a jogaram no rio.

Como a servidora não chegou em casa, a família procurou a polícia e registrou boletim de ocorrência. Quando o corpo foi encontrado, familiares foram chamados e fizeram o reconhecimento de Rosineide.

Após conversa com os pescadores e os parentes da vítima, a polícia iniciou uma busca pelo suspeito e acabou encontrando ele e o irmão em um assentamento entre Rondonópolis e Poxoréu (a 270 km da Capital). Segundo Valdeci, a motocicleta da vítima e o instrumento de execução também foram jogados no rio, porém, o veículo ainda não foi localizado.

Ambos confessaram o crime e foram presos e interrogados pelo delegado Thyago Garcia Damasceno. Eles responderão por homicídio triplamente qualificado pelo motivo fútil, recurso que impossibilitou a defesa da vítima, feminicídio e ocultação de cadáver.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar