CDL INFORMA

NOTÍCIAS

11/01/2017 15:51

Seduc abre licitações para construção e reforma de cinco escolas

Além disso, outros dois editais estão publicados, sendo um para construção de quadra poliesportiva, em Poconé, e outro para reforma geral de telhado do prédio da Secretaria, em Cuiabá

  • Fonte: Juína News com Assessoria

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) abriu licitação, nas modalidades Concorrência Pública e Tomada de Preço, para selecionar propostas mais vantajosas para a construção e reforma de cinco unidades escolares em Mato Grosso.

 

Além disso, estão publicados editais para a construção de uma quadra poliesportiva, em Poconé, e reforma do telhado do prédio da secretaria, em Cuiabá.

 

Empresas de todo o Brasil podem participar dos certames. As sessões para o recebimento de propostas ocorrem entre os dias 12 de janeiro e 07 de fevereiro de 2017, sempre às 14 horas, no auditório da Seduc.

 

Nesta quinta-feira (12.01) ocorre a tomada de preços para a construção de uma quadra poliesportiva na Escola Estadual Juscelino K. de Oliveira, localizada no município de Poconé (a 100 km de Cuiabá). Estão previstos investimentos de cerca de R$ 770 mil.

 

No próximo dia 17, a Seduc recebe as propostas de empresas interessadas na execução de obra para retomada de construção de cozinha e refeitório e demais dependências, instalações hidrossanitárias e instalações elétricas, na EE André Avelino Ribeiro, em Cuiabá. O custo da obra está orçado em aproximadamente R$ 370 mil.

 

No dia 19, o objeto será a reforma geral da cobertura na sede da Seduc, com área aproximada de 3.162 m². Ao todo, estão previstos aportes de R$ 460 mil.

 

Novas unidades

Nos dias 23 e 26 de janeiro, a secretaria recebe as propostas para a construção de duas novas unidades escolares. No primeiro dia, o objeto é a construção de Escola Padrão Seduc na EE Mario de Castro, em Cuiabá. 

 

A obra contempla 16 salas de aula, sala de articulação, biblioteca e laboratórios de física, informática e química; espaços administrativos, arquivo, copa, e sanitários, refeitório e cozinha com área de higienização, cocção, depósito de alimentos, depósito de utensílios, sanitários e serviços.

 

A escola terá também uma quadra poliesportiva com vestiários feminino e masculino, instalações elétricas e de combate a incêndio e pânico, posto de transformação, entre outros. Os serviços estão orçados em R$ 8 milhões.

 

A outra unidade está localizada na Aldeia Enawenê Nawê, em Juína (a 550 km de Cuiabá) e a abertura de envelopes ocorre no dia 26.

 

A comunidade será contemplada com uma escola com 4 salas de aula, sala de administração, sala de informática, cozinha, área de serviço, conjunto de banheiros, alojamento para professores, além de parte civil, instalações elétricas, de combate a incêndio e pânico, entre outros.  Os serviços de engenharia, objeto desta licitação, estão estimados em aproximadamente R$ 1,5 milhão.

 

Reformas

No dia 31, será a vez das empresas interessadas na execução de obra para reforma das edificações existentes na EE José Mariano Bento, no município de Barra do Bugres.

 

Os serviços contemplam: pintura, acabamentos, piso cerâmico, calçada de passeio e paisagismo com finalização de muro em alambrado sob mureta, pintura da quadra poliesportiva com arquibancadas. Além de conclusão das instalações elétricas externas, adequação de instalações prediais hidrossanitárias e de drenagem no entorno da quadra poliesportiva. Ao todo, estão previstos investimentos de cerca de R$ 330 mil.

 

Já no dia 7 de fevereiro, a Seduc recebe envelopes de interessados na obra de reforma das edificações existentes na EE Adolfo Augusto de Morais, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá). Na unidade serão investidos cerca de R$ 2,5 milhões.

 

Novos contratos

Das obras que contam com editais publicados, três foram paralisadas pelo próprio Governo do Estado em razão da Operação Rêmora: EE Adolfo Augusto, EE José Mariano Bento e EE André Avelino.

 

Outras sete obras paralisadas estão com editais em fase de elaboração. A previsão é de que sejam publicados até 31 de janeiro. Após a publicação, a Seduc deve abrir sessão de recebimento de propostas em até 30 dias.

 

De acordo com o secretário-executivo da Seduc, Luciano Bernart, a secretaria está trabalhando para dar agilidade aos processos, de modo a atender as necessidades das escolas.

 

“Em 2017, estamos completamente focados em melhorar a ambiência escolar da rede estadual, pois sabemos que este é um fator essencial para que os professores possam ensinar com excelência e o estudante tenha um melhor aproveitamento”, afirmou.

 

Sobre o processo licitatório, Bernart esclarece que o objetivo é abrir as portas para o maior número possível de empresas concorrentes. “Queremos processos democráticos, transparentes e competição isonômica”, destacou.

 

Editais

Todos os editais estão à disposição dos interessados em acompanhar o andamento ou participar das licitações www.seduc.mt.gov.br/certames.

Comentários

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Comentar